A face da barbárie nas Olimpíadas

*Por Paola Bettamio Se não bastasse todo o aparato segregador e violento que foi construído no entorno das Olimpíadas, começando pela própria estratificação social dos territórios periféricos, neste mês foi aprovado pela Câmara dos Deputados e Deputadas um projeto de lei (PL 5.768-A de 2006) que autoriza a mudança da competência dos crimes dolosos contra […]

E o feminismo um tantão assim!

*Por Fabíola Papini (Babi) e Raquel Duarte A Marcha Mundial das Mulheres é um movimento feminista fundado na auto-organização das mulheres. E é incrível como esta auto-organização muda nossas vidas e redefine as formas de nos encontrarmos no debate e na construção política. Neste final de semana renovamos nossas energias em mais um espaço coletivo […]

O feminismo como um ideal de liberdade e igualdade, e a visão crítica à prostituição

*Por Clarisse Paradis Olhar a contribuição do pensamento feminista, do século XVIII aos dias atuais nos ajuda a (re)construir uma tradição que, desde os seus primórdios, esteve fundamentada em uma ideia radical de liberdade e igualdade entre as mulheres e entre todas as pessoas. Da inglesa Mary Wollstonecraft no século XVIII, às anarquistas e socialistas […]

O feminismo é coletivo e tem história

*Por Jéssika Martins Tenho visto o lançamento de candidatura de várias feministas jovens (ou jovens feministas) a este pleito. Acho muito interessante que em um momento político como o que vivemos as mulheres tenham força e coragem para disputar a institucionalidade. A crise política mostrou quem são os mandatários da política nacional e contra quem […]

Breves considerações sobre a prostituição

*Por Luiza Mançano 1. A prostituição NÃO é uma escolha individual, ela é um modelo e um sistema que garante que o acesso dos homens ao corpo das mulheres Não devemos, como feministas, falar sobre prostituição como uma escolha individual, pois sabemos que no patriarcado os homens controlam individual e coletivamente o trabalho, o corpo […]

SEGUIREMOS EM MARCHA ATÉ QUE TODAS SEJAMOS LIVRES!