Garotas Mortas

*Por Luíza Mançano Passei a última semana pensando em escrever um texto,  uma análise literária sobre um livro, Chicas muertas, da escritora argentina Selva Almada, publicado em 2014. Uma crônica sobre o feminicídio na Argentina. Uma crônica sobre o assassinato de três garotas na década de 1980: Andrea Danne, Maria Luisa Quevedo, Sarita Mundín. Três mulheres […]

Sobre ser mulher negra na era da precarização da vida

Por Bruna Rocha* 25 de Julho. Dia da Mulher Negra, Latino-Americana e Caribenha. Dia de luta cravado no auge do neoliberalismo, em 1992, como marca de nossa resiliência no 1° Encontro de Mulheres Afro-latino-americanas e Afro-caribenhas, na Republica Dominicana. Uma perspectiva internacionalista sobre os desafios colocados para as nossas vidas num momento em que o […]

Rodrigo Hilbert e a supervalorização do razoável

Por Fabiana Oliveira* Faz tempo que o discurso da “desconstrução” tem contaminado nossos debates e, sobretudo nas redes, ganha força e adesão. “Ele é descontruído”, “ele está se descontruindo”, afirmam algumas de nós para falar de alguns companheiros (ou nem tanto) de luta e de vida, reforçando a ideia de que alguns homens podem não […]

Rodrigo Hilbert e as masculinidades parceiras que merecemos

Por Gabriela Monteiro* Não sei se aconteceu alguma coisa em especial, mas a timeline esses dias tá cheia de gente falando bem x falando mal do Hilbert. Não lembro quem disse que o mundo se divide em dois tipos de pessoas: aquelas que dividem o mundo em dois tipos de pessoas e as que não. […]

Justiça relativa, violência seletiva

*Por Karina Moraes Em 2014, no RJ, um adolescente negro foi amarrado nu em um poste e espancado por 15 homens. Houve aqueles que aplaudiram: o garoto era acusado de furto. Em 2014, em SP, o Tribunal de Justiça absolveu um fazendeiro de 79 anos que estuprou uma adolescente de 13. Houve aqueles que aplaudiram: […]

SEGUIREMOS EM MARCHA ATÉ QUE TODAS SEJAMOS LIVRES!