Chacina do Jacarezinho é sobre violência militar e racista (ataques na Colômbia e na Palestina também)

Por Dara Sant’anna* Esse texto é uma transcrição (com poucas adaptações da fala realizada por mim na live “Militarização e violência racista do Estado na Colômbia, Palestina e Jacarezinho”, promovida pela Marcha Mundial das Mulheres no dia 14 de maio de 2021. Para assistir a gravação do debate, clique aqui. Contexto O massacre do povo […]

Oito de março não é para você

*Por Naiara O’Dwyer Mais um 8 de março, dia internacional das mulheres. Mais um dia de receber flores, chocolates, mensagens clichês, promoção para tratamentos de beleza, desconto em maquiagens e produtos cosméticos. Um dia inteiro de matérias jornalísticas sobre mulheres solteiras sofridas que trabalham fora, cuidam da casa e de um filho com deficiência; ou […]

Que pague quem tem culpa, não quem tem cor

Por: Gabriela Soares* Na história do nosso país não nos é de forma alguma novidade a presença e constante manifestação dos preconceitos e opressões. Tais males estão enraizados em quaisquer que sejam as esferas e instituições sociais. Não surpreende, por exemplo, que nossa justiça julgue com dois pesos e duas medidas os indivíduos, principalmente por […]

A representação do outro pelo olhar da incompreensão

Por: Marcia Rangel Candido* Dentro da polêmica que vem se delineando sobre as propagandas do novo programa da Rede Globo, “Sexo e as Negas”, o elemento que agora parece sobressair reside no desprezo pela opinião de parte da audiência, que ao olhar do autor, Miguel Falabella, deveria estar se sentindo bem representada. Na multiplicidade de […]

“Sexo e as Negas”: nosso corpo na berlinda da mídia e do imaginário social

Por: Moara Correa e Bruna Rocha* Não é necessário assistir à minissérie de Miguel Falabella para entender o seu papel semântico na sociedade brasileira, sobretudo em um momento como este, onde o povo negro começa a acessar políticas direcionadas à Reparação Racial no Estado. Aliás, o povo negro e, sobretudo, nós mulheres negras não merecemos […]

SEGUIREMOS EM MARCHA ATÉ QUE TODAS SEJAMOS LIVRES!