Sobre assumir quem você é e mudar o mundo | Vanessa Gil

A primeira coisa que você deve saber ao ler esse texto é que ele é um relato pessoal de como esse processo aconteceu comigo. Cada uma de nós vivencia de forma diversa. O fato é que sempre fui lésbica. Isso não impediu que me relacionasse com homens por muito tempo. Hoje, passados alguns anos, vejo […]

Amar Sem Temer é um direito das mulheres

*Por Fabiana Oliveira e Luiza Mançano Gomes Sobre invisibilidade sabemos tanto, que às vezes as palavras fogem e só encontramos umas nas outras respostas e força para enfrentar, cotidianamente, o machismo, a lesbofobia, o patriarcado e o capitalismo. É impossível e descabido desconectar o debate sobre a nossa sexualidade, “desviante da norma”, do padrão imposto […]

Invisibilização das mulheres lésbicas: mais uma  face do patriarcado

*Por Letícia Vieira e Marianna Fernandes Nós, mulheres lésbicas e bissexuais, conseguimos conquistar a duras penas alguns avanços no sentido do nosso reconhecimento enquanto sujeitos de direito. No entanto, numa conjuntura de ofensiva da direita e do capital sobre os nossos corpos e vidas, há uma tentativa de retroceder nossas conquistas e de apropriação das […]

As mulheres que amavam as mulheres

* Por Fabiana Oliveira O Perseu Abramo, sistematizando os padrões de manipulação da Grande Imprensa, utilizou-se do termo “silêncio militante” para falar do Padrão da Ocultação. Ele diz o seguinte: “Não se trata, evidentemente, de fruto do desconhecimento, e nem mesmo de mera omissão diante do real. É, ao contrário, um deliberado silêncio militante sobre […]

Sobre descobrir-se: identidades (des)construídas e a importância do reconhecimento

*Por Fernanda Kalianny A 19º Parada do Orgulho LGBT de São Paulo traz como tema esse ano “eu nasci assim, eu cresci assim, vou ser sempre assim: respeitem-me”. A princípio, poderíamos, estando longe da realidade LGBT, achar um tema interessante. Mas será mesmo que todas/os nascemos, crescemos e sempre seremos assim? Ao nos encontrarmos e […]

SEGUIREMOS EM MARCHA ATÉ QUE TODAS SEJAMOS LIVRES!