Por que escolhemos o lado mais fácil no debate da prostituição?

Por: Camila Furchi* Na última semana, circulou pelo Facebook mais uma matéria sobre a prostituição. A personagem da semana é Lola. O enredo é mais ou menos o seguinte: Lola é branca. Lola é jovem, Lola gosta muito de sexo. Lola acabou de sair da faculdade. Lola não se sente culpada e nem tem vergonha […]

Pussy power, feminismo liberal e nuestro feminismo

Por Maria Júlia* Ultimamente, vêm pipocando textos pela internet (e alguns fora dela) que falam sobre um tal de novo feminismo, sobre funk feminista, Valesca Popozuda, pussy power, entre outros temas. E é sobre isso que será o texto. Mais especificamente, sobre a ideologia liberal que vem cooptando boa parte dos movimentos, coletivos e organizações […]

A prostituição sob o olhar do feminismo que transforma

Por: Débora Mendonça* Na lógica perversa do capitalismo, onde tudo se converte em mercadoria, o corpo da mulher torna-se passível de compra e venda. Como em uma prateleira de supermercado, onde se escolhe tamanho, cor e prazo de validade. Como objetos que servem, ainda, para reforçar a dominação masculina por meio da satisfação de suas […]

Por que nem Amsterdã quer as casas de prostituição legalizadas

*Por Julie Bindel Você se lembra da comédia brilhante com Harry Enfield e Paul Whitehouse em que ambos interpretavam policiais descontraídos em Amsterdã, que se gabavam por não ter mais que lidar com o crime de homicídio na Holanda, pois os holandeses haviam legalizado o homicídio? Não ria. Em 2000, o governo holandês decidiu facilitar […]

Apagar a luz vermelha, acender a chama do feminismo!

*Por Ana Karoline de Oliveira Algumas de nós, mulheres, nos sentimos muito mal de pensar qual seria nossa atitude com esses questionamentos: “Quanto cobrar para fazer sexo?”, “Cobro a mais para fazer anal?”, “Aceito essa grana extra para ele por sem camisinha?”. Repulsa, negação, indiferença, pena. Mesmo diante desses sentimentos, parece mais fácil a aceitação […]

SEGUIREMOS EM MARCHA ATÉ QUE TODAS SEJAMOS LIVRES!