De Santiago a Juazeiro: a gente não quer só comida; quer soberania, agroecologia e feminismo!

Por: Cíntia Barenho* Mês de maio de muita soberania alimentar e agroecologia pautados pelo feminismo. Em Santiago do Chile a Alianza por la Soberanía Alimentaria de los Pueblos de América Latina y el Caribe convocou a IV Conferencia Especial para la Soberanía Alimentaria, na qual mulheres e homens encontraram-se para reforçar a defesa das sementes […]

Para onde fugir?

16 de outubro: Dia Mundial da Alimentação Por: Iolanda Toshie Ide* A pesquisadora Raquel Rigotto, juntamente com sua equipe da Universidade Federal do Ceará, constataram a contaminação da água de lençóis freáticos, poços artesianos e das torneiras que abastecem as residências da região de Apodi. Motivo: aspersão aérea de agrotóxicos. José Maria Filho, ambientalista e […]

Somos todas Apodi

Hoje, 10 de dezembro, nós da Marcha Mundial das Mulheres estamos realizando por todo o mundo a campanha 24 horas de ação feminista, que aqui no Brasil é focada na solidariedade às mulheres da Chapada de Apodi, no Rio Grande do Norte, que estão sendo expulsas de seus territórios pelo agronegócio, que ameaça a autonomia […]

Agronegócio: o estado das coisas e as coisas do estado. Nós e a tarefa da radicalização democrática

Por: Alana Moraes* A América latina vive hoje um momento bastante diferente daquele que vive o centro do capitalismo mundial. Europa e Estados Unidos atravessam um cenário marcado por crise social: crise do capital, crise do sistema de representação, crise civilizatória. A crença no mercado financeiro fez desmoronar os pilares do estado de bem estar […]

Do diálogo à resistência das mulheres em Apodi

Por Tica Moreno* A resistência das mulheres em Apodi é uma expressão do feminismo anticapitalista da MMM. Os direitos que a gente tem nas leis não significam igualdade real na prática se vivemos em um mundo onde predominam os interesses do capital sobre a soberania dos povos. É o que está acontecendo agora, na chapada […]

SEGUIREMOS EM MARCHA ATÉ QUE TODAS SEJAMOS LIVRES!