SEM FEMINISMO NÃO HÁ AGROECOLOGIA

*Por Sarah Luiza e Liliam Telles Nós da Marcha Mundial das Mulheres construímos um feminismo que pretende mudar o mundo para mudar a vida das mulheres e mudar a vida das mulheres para mudar o mundo. Com esse lema, expressamos nossa forma de construir o feminismo a partir de nossas experiências concretas no cotidiano, articulada […]

Do Rio Doce à lama tóxica: para o feminismo, o capitalismo não tem eco

*Por Cíntia Barenho Já faz tempo que as feministas da Marcha Mundial das Mulheres denunciam as práticas criminosas e degradantes das multinacionais que exploram nossos bens naturais. E igualmente faz tempo que denunciamos os impactos que essa exploração traz para a vida das mulheres, especialmente aquelas que promovem sua autonomia econômica e garantem a sustentabilidade […]

II CONGRESO ANAMURI

¡Sin feminismo, no habrá socialismo! Esta fue la consigna oída durante los tres días de Congreso Nacional de la Asociación de Mujeres Rurales e Indígenas de Chile (ANAMURI). Estuvieron más de cinco centenas de mujeres rurales e indígenas bienvenidas desde Arica, extremo norte del país, a Magallanes, sur de Chile en el Congreso. Fueran tres […]

Sem medo de ser mulher no ENA

*Por Camila Paula O segundo dia do III Encontro Nacional de Agroeocologia teve sessões simultâneas contemplando as construções e disputas da agroecologia nos territórios brasileiros. Do Rio Grande do Norte ao Rio Grande do Sul, agricultores, agricultoras e movimentos socializaram as experiências de seus locais, reafirmaram suas lutas e fortaleceram o fazer agroecológico. Feminismo e […]

Agroecologia em marcha: feminismo no terceiro Encontro Nacional de Agroecologia

A feira montada, instalações e lonas armadas, agricultores e agricultoras de todas as regiões do país. Cerca de 2 mil pessoas de todo o país participarão de seminários, debates e atividades culturais do terceiro Encontro Nacional de Agroeocologia em Juazerio, Bahia, que começou ontem e vai até o dia 19 de maio. A Marcha Mundial […]

SEGUIREMOS EM MARCHA ATÉ QUE TODAS SEJAMOS LIVRES!