Feminismo na nona Bienal da UNE

IMG-20150203-WA0011

A pauta feminista está em toda a agenda da nona bienal nacional dos e das estudantes no Rio de Janeiro que começou domingo, 01 de fevereiro, com abertura às 18h no circo voador. No primeiro dia de atividades, 02/2, a batucada feminista realiza oficina e participa do debate sobre a reforma do sistema político que aconteceram no estande feminista montado em frente aos arcos da Lapa e na Casa Fundição Progresso, respectivamente, trazendo o feminismo pra dentro da programação e do coração da UNE.

Na tenda Somos Todas Feministas, Lays Gonçalves, atual diretora de mulheres da UNE, falou sobre a importância da Marcha Mundial das Mulheres na formação e na luta pela igualdade dentro do movimento estudantil, refirmando o espaço para o feminismo em pauta dentro da Bienal.

Amanda Texeira, diretora de movimentos sociais da UNE, reafirma a transversalidade da pauta das mulheres em todo o movimento estudantil e convida para a 5ª Ação Internacional da Marcha Mundial das Mulheres no Tocantins. E Liliane Oliveira, ex diretora de mulheres da UNE, da MMM da Bahia, fala sobre a história da batucada feminista como instrumento de luta para “ressignificar a ocupação das ruas com as vozes das mulheres rompendo a lógica do patriarcado”, ao que Lidiane Samara, da MMM de Mossoró, RN, reforça e explica a importância da batucada como “fazedora de uma nova cultura libertária para as mulheres e arma contra o machismo de todos os dias”.

IMG-20150203-WA0007

Concomitante à atividade da batucada feminista, na mesa de debate sobre reforma do sistema político,Sônia Coelho, da MMM SP participa junto ao João Pedro Stédile do MST, Rosane Bertotti diretora de comunicação da CUT e Aldo Arantes, membro da OAB e ex deputado constituinte de uma acalorada discussão e convocação do povo às ruas por uma reforma popular, seguindo a luta por uma constituinte exclusiva e soberana.

Sônia falou sobre a necessidade da paridade e da participação efetiva das mulheres comprometidas com as causas populares na política e defende que: “nós, do movimento feminista, fazemos esse debate de reforma do sistema político há muito tempo porque sentimos na pele o quanto essa democracia é fragilizada, pois uma democracia sem as mulheres, negros e negras, indígenas e lgbts não contempla  a nossa necessidade de representação”.

A batucada feminista que estava em oficina, chegou a tempo de fazer sua intervenção com irreverência de batuque e palavras de ordem e Lidiane Samara faz a sua fala reforçando que “em cada linha de uma nova constituinte exclusiva e soberana sobre sistema político, tem que ter feminismo porque a revolução será feminista ou não será”.

Ainda na fala de Sônia Coelho, o alerta pra os projetos de Eduardo Cunha, eleito presidente do Congresso que, de todas as formas, barra ou cria projetos que retrocedem com os direitos das mulheres: “É preciso fazer uma reforma do sistema político questionando e disputando o estado que não suporta a soberania popular” e convida as mulheres para ir às ruas no 8 de março, a prioridade do debate e a construção do plebiscito por uma reforma popular do sistema político e lembra que este é o ano da 5ª ação internacional da MMM e da Marcha das Margaridas que acontecerá em agosto, em Brasília.

A Bienal da UNE segue com sua programação até o dia 06 de fevereiro e a Marcha Mundial  seguirá pautando o feminismo junto às e os estudantes de todo o Brasil, buscando participação e a reforma do sistema político na construção de um país que não seja capitalista, machista, racista, homofóbico e classista, mas para que mulheres e homens sejam livres e iguais.

Camila Paula, militante da MMM RN.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

SEGUIREMOS EM MARCHA ATÉ QUE TODAS SEJAMOS LIVRES!

%d bloggers like this: