Viver despenteada!


Recebemos por e-mail esse texto aqui embaixo (de uma autora desconhecida), e achamos que é um jeito simples e direto pra mostrar como as imposições sobre nosso comportamento, nossas roupas, nossa beleza realmente não foram inventadas pra deixar as mulheres mais felizes.
Mas, considerando que não é um processo individual a tomada de consciencia de que se despentear faz bem, acrescentamos algumas coisas que são parte de nossa prática militante, que nos despenteiam, em uma perspectiva de que cada vez mais mulheres se organizem para conquistar a liberdade: para se despentear, decidir sobre o corpo, interromper uma gravidez indesejada, escolher uma profissão e receber um salário justo, enfim: Seguiremos em marcha até que todas as mulheres sejam livres!!

“Hoje aprendi que é preciso deixar que a vida te despenteie, por isso decidi aproveitar a vida com mais intensidade…

O mundo é louco, definitivamente louco…
O que é gostoso, engorda. O que é lindo, custa caro.
O sol que ilumina o teu rosto enruga.
E o que é realmente bom dessa vida, despenteia…

– Ir no ato, despenteia.
– Fazer amor, despenteia.
– Rir às gargalhadas, despenteia.
– Batucar, despenteia,
– Viajar, voar, correr, entrar no mar, despenteia.
– Tirar a roupa, despenteia.
– Ir em reuniões, às vezes despenteia.
– Beijar à pessoa amada, despenteia.
– Brincar, despenteia.
– Cantar até ficar sem ar, despenteia.
– Fazer revolução, despenteia…

Então, como sempre, cada vez que nos vejamos eu vou estar com o cabelo bagunçado… mas pode ter certeza que estarei passando pelo momento mais feliz da minha vida.

É a lei da vida: sempre vai estar mais despenteada a mulher que decide ir no primeiro carrinho da montanha russa, que aquela que decide não subir.

Pode ser que me sinta tentada a ser uma mulher impecável, toda arrumada por dentro e por fora.

O aviso de páginas amarelas deste mundo exige boa presença: Arrume o cabelo, coloque, tire, compre, corra, emagreça, coma coisas saudáveis, caminhe direito, fique séria… e talvez deveria seguir as instruções, mas quando vão me dar a ordem de ser feliz?

Por acaso não se dão conta que para ficar bonita eu tenho que me sentir bonita… ¡A pessoa mais bonita que posso ser!

O único que realmente importa é que ao me olhar no espelho, veja a mulher que devo ser. Por isso, minha recomendação a todas as mulheres:

Entregue-se, se manifeste, batuque, Coma coisas gostosas, Beije, Abrace, dance, apaixone-se, relaxe, Viaje, pule, durma tarde, acorde cedo, cole lambe-lambe, Corra, Voe, Cante, arrume-se para ficar linda, arrume-se para ficar confortável, responda todas as cantadas machistas que receber na rua, Admire a paisagem, lute por um mundo melhor, seja feminista, aproveite, e acima de tudo, deixa a vida te despentear!!!!

O pior que pode passar é que, rindo frente ao espelho, você precise se pentear de novo…“

Comments

  1. opa! descabelada estou e descabelada ficarei depois deste texto lido!

  2. Depois que li este texto, comecei a refletir sobre várias situações cotidianas… como, minha mãe mandando eu vestir roupa tal, ou outras pessoas acharem que devo me comportar assim…

    Mas, eu me sinto feliz assim… DESPENTEADA ou NÃO… gosto de me assim… e tento mudar o mundo da minha maneira… me expressando como posso… e expondo meus pensamentos e ideais feministas…

    Até que todas sejamos livres!!!

    Obrigada pelo texto magnífico… e que sejamos despenteadas, mas, acima de tudo FELIZES!!!!

    Beijos doces!!!

  3. Gente esse texto é imensamente lindo e despenteado.

    Lindo, lindo, fiquei despenteda por ele.
    Adriana

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

SEGUIREMOS EM MARCHA ATÉ QUE TODAS SEJAMOS LIVRES!

%d bloggers like this: